“Ninguém te poderá resistir todos os dias da tua vida; como fui com Moisés, assim serei contigo; não te deixarei, nem te desampararei” Js. 1:5   (grifo do autor).

O que Deus falou a Josué, logo no início do seu ministério, quando o escolheu para substituir Moisés, é muito animador. Creio que Josué sabia das dificuldades que teria para conduzir aquele tão numeroso povo, para tomar posse da terra de Canaã; ele acompanhou Moisés e participou da batalha daqueles 40 anos desde a saída do Egito. Sabia que o povo era teimoso, obstinado, de dura cerviz e com extrema dificuldade para obedecer as ordens de Deus. Sabia que grande seria a peleja interna e também externa, visto que precisaria lutar com muitos inimigos.
O Senhor então, tem uma conversa séria com Josué e o encoraja, fortalecendo sua fé e prometendo estar com ele e fazer a ele o mesmo que tinha feito com Moisés, dando-lhe sabedoria, ouvindo suas orações, agindo poderosamente a favor dele e de Israel.
Queridos, assim como Josué precisava ouvir de Deus essas palavras de encorajamento e de ânimo, assim cada um de nós nos dias de hoje! É verdade que não estamos dirigindo o povo de Deus para uma terra que “mana leite e mel” literalmente falando, mas como obreiros e pastores, estamos sim engajados na obra de Deus, e nós somos seus legítimos cooperadores (2Co 6:1). Portanto, podemos estar certos, de que hoje o Senhor diz a mim e a você querido obreiro e companheiro de ministério o seguinte: “…como fui com Moisés, assim serei contigo; não te deixarei, nem te desampararei” Js. 1:5  Mas além de tomarmos posse da promessa de que o Senhor está conosco, também devemos nos apossar das responsabilidades que Ele nos entregou em sua obra. Se estamos encarregados de cuidar de vinte, de mil ou de duas mil pessoas, o segredo para cumprirmos fielmente nosso dever está contido no versículo oito:…”Não cesses de falar deste Livro da Lei; Antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer segundo tudo quanto nele está escrito; então, farás prosperar o teu caminho e serás bem-sucedido” Js. 1:8.   Precisamos pregar, meditar e cumprir toda a Palavra de Deus.
Se formos obedientes aos mandamentos de Deus temos a garantia de toda assistência, ânimo, motivação, direção, favor e Sua presença conosco em todas as áreas da vida, então mãos à obra e firmeza em nossa obediênca à Palavra de Deus.

Pr. Luiz Bergamin
Presidente Nacional

 

extraido: “Almanaque OBPC em Foco” nº 73 pg. 03